Inspiração Vestido Parte III – Usando como saia ♥

E se o vestido, ao invés de virar camisa, virar saia, como nesse look da Rockie ? Confesso que esse é meu jeito favorito, com uma blusinha leve por cima.

Rockie N

Também dá pra virar saia cobrindo a parte de cima com jaqueta e cachecol, de um jeito simples e bem quentinho, não dá ? Opa se dá:

quentinho

Via lookbook

E quando você acha que já pensou em tudo …. Vem a Julia Alcântara e PÁ, samba na sua cara, usando um vestido muito parecido com o nosso, de cor diferente, amarrado como saia, com blusinha de renda.

TudoOrna_post_looks_OneShirtOneSkirt-4

E agora, ainda dá pra dizer que tá difícil fazer remix com vestido xadrez ??

E vocês, como usariam, dividam com a gente!

Inpirações Vestido Xadrez Parte II – Versão Rock

Na sexta feira passada, compartilhei com vocês algumas maneiras quentinhas que venho pensando em usar o vestido, quando chegar a minha vez. Outro jeito que penso muito em montar meu look é fazendo uma composição com uma pegada mais rock detonadinha trash do jeito que a gente ama.

E pra começar as inspirações, um jeito simples, grunge e largadinho largadinho: só adicionar meia preta e coturno, como a Lua P:

luap

Pela banalização da meia rasgada!

Mais grunge ainda ? Que tal usar o vestido amarrado na cintura?

amarrado

Via lookbook – Creepers da discórdia! Um coturno no lugar daria um efeito bacana também.

amarrado2

Via lookbook – tudo preto e só o xadrez amarrado trazendo cor.

E se a gente usar o vestido só jogadão por cima da roupa, como se fosse um casaco ?

por cima da roupa

Via lookbook

E vocês, usariam desse jeito ?

♥ Inspirações pro vestido viajante !

Quando começamos o projeto, ouvimos de várias pessoas – e nós também pensamos isso, confesso – que um vestido xadrez seria difícil de coordenar de maneiras diferentes. Abraçamos o desafio, e tem sido muito divertido!

Enquanto o vestido não chega para as meninas seguintes – não vejo a hora de chegar minha vez – comecei a colecionar algumas maneiras de usar o vestido. Vem comigo!

vestidinho xadrex

Primeira maneira diva e simples de usar o vestido: com cintinho marcando a cintura e óculos retrô, com cara de diva, senão não funciona, hehe! Ok, essa maneira nós já conhecemos, mas não pude deixar de notar a semelhança entre este vestido e o nosso! Salvei esta imagem no pinterest.

E durante o alto verão, não teve jeito: dava pra brincar com os acessórios, com os sapatos e bolsas, mas não tinha muita possibilidade de somar outras peças ao conjunto. Um jeito que vimos as meninas experimentando, mais precisamente, a Lual, foi usar o vestido como camisa, o que funcionou muito bem. E olha que linda a Vanessa Ronzan com essa camisa que lembra um pouco as cores do nosso vestido, usada com este cinto laço vermelho na cintura e saia mais justinha. E os acessórios maravilhosos ?

vanessa ronzan

Me digam vocês – dá para tentar parecido em casa ?

Claro que com o friozinho do outono, aparecem mil e uma novas maneiras de usar o vestido, dá-lhe meia calça e terceira ou quarta peça! Escolhi outras duas inspirações de looks da Kendi, rainha do remix de guarda roupa, em que ela usa uma camisa de estampa xadrex, mas que podia muito bem ser o nosso vestido por baixo:

um dos remix

Com saia de renda! Cardigan amarradinho com cinto! E botinhas!

ideia pro vestido viajante

Com uma blusona mais solta, lembrei um pouco do colete que a Lily usou com o vestido …

Falando em colete, e se você colocar um colete bem fofinho quentinho de pele FALSA por cima do vestido, será que fica bom ? Olha que graça essa menina usando um vestido xadrez desse jeito:

com colete

Semana que vem trago mais inspirações, para quem ainda não está convencido!

 

Quando é que vale a pena comprar barato?

Quando surgiu a moda da jaqueta perfecto, láááá em 2009, eu lembro que fiquei louca para comprar uma. As de couro verdadeiro estavam fora de questão: mesmo trabalhando, eu não tinha 500 paus pra dar em uma. Acabei encontrando uma perfecto perfeita (oi!) em couro vegetal em uma loja feminina aqui do Rio, por menos de R$ 300. Era do jeito que eu queria, cheia de bolsos e zíperes e, pelo inverno inteiro, eu fui uma das poucas pessoas que teve uma jaqueta naquele modelo – o que rendeu de gente dizendo que eu estava vestida de motoqueira, iiih, vocês não imaginam!

Daí que o tempo passou, e eu continuei usando a jaqueta. Usei com vestido, com legging, com jeans, com saia. Usei no inverno, em brisas eventuais de outras estações do ano, usei, usei e usei. E quando chegou o momento de, mais uma vez, colocar minha coleção outono inverno pra jogo, eis que…

couro_vegetal

Minha jaqueta do amor está destruída, e não de um jeito bonito: descascada, com o forro pintado todo exposto, tudo de fora. Achou ruim? Pois veja bem, descobri no meio da night, no aniversário de uma amiga, quando percebi os pedacinhos pretos em cima de mim, da mesa, da cadeira, eu estava me desfazendo! Socorro!

Não consigo mais usar minha perfecto, mas também não joguei fora. Nessa hora me pergunto: será que eu deveria ter esperado mais um pouco e comprado uma jaqueta de couro verdadeiro por R$ 500 (preço da época)? Desconsiderando a questão ambiental à respeito de couro animal e couro vegetal, e pensando apenas no lado econômico da compra, o que vocês consideram? E indo além: em que peças vocês preferem investir mais ($$), e quais vale a pena gastar menos – e ter um material mais descartável?

O fato é que agora eu quero porque quero uma jaqueta de couro animal, que dure 20 anos, que se desgaste e fique bonita, mas adivinha… agora elas custam mil reais.

 

Eu, você e nossos turbantes

Verão e Outono = cabelo ao vento. Tá com calor? Quer segurar a franja nessa ventania que tá chegando por aí? Investe no turbante! Sem contar que dá uma nova vida ao visual, né? Dá pra usar com cabelo preso, franja solta, franja escondida, cobrindo o cabelo todo, etc… A maioria desses exemplos dá pra fazer com um lenço quadradinho simples. No meu caso, usei até o retalho de um vestido que mandei encurtar. Então, use a criatividade e saia de turbante por aí…

Nós usamos de vários jeitos diferentes, olha só:

turbantismo

Eu, você e as nossas roupas – Vestido florido 2

 Eu e a Vânia (minha amiga-irmã desde a época da faculdade) descobrimos que temos gostos parecidos para roupas e não é novidade quando compramos as mesmas peças… e por sorte incrível que pareça nunca aconteceu de usarmos a mesma peça no mesmo dia!!! Mas apesar do gosto parecido usamos de jeito diferentes… ela gosta de usar a peça principal como algo marcante em todo look, por isso investe em acessórios neutros e eu já gosto de brincar com estampas e modelagens.

Por isso vamos mostrar aqui como usar de jeitos diferentes o mesmo vestido vintage lindo!

Imagem

Eu misturei a estampa de flores neutras com a botinha de onça e para balancear usei acessórios neutros!

Imagem

A Vânia deixou a atenção toda para o vestido e usou o vestido com espadrilles e uma carteira preta!

 

E aí gostaram das possibilidades? Vocês usariam de maneira diferente?

Retrospectiva Ilustrada

Oi pessoas,

Bóra relembrar alguns looks do vestido, em forma de bonequinhas de recortar ?

vestidos-edicao-sp1

O vestido chegou em São Paulo e foi direto para a Ana, que usou com cintinho azul, sapatilhas amarelas e bottons:

anah-desenho

Em seguida, foi pra balada com a Mari, com saia de tule por baixo, máxi colar, coque no cabelo e essa carteira linda de bolinhas:

Mari

E de lá foi pra Nati Lopes, virou camisa em um look descolado com botinhas, blusa cinza por baixo e bolsa de franja:

natilopes-desenhoGosto dos três, mas meu favorito dessa rodada é o da Nati, culpa das botinhas.

E o de vocês?

Eu, você e as nossas roupas – Vestido florido

Bora treinar nossa criatividade?

Eu e minhas amigas Vânia e Aline compramos roupas em lojas parecidas e numa feliz coincidência frequentamos a mesma liquidação de uma loja na galeria do rock (em SP), compramos o mesmo modelo de um vestido florido (sem querer) com uma diferença… as cores das flores!

E vamos combinar que não é a coisa mais fácil usar um vestido florido sempre… já que muitas vezes nos sentimos limitadas por conta da estampa chamativa… mas nada que três personalidades diferentes não resolvam…. pedi para as meninas fotografarem como elas mais gostam de usar o vestido e eu aproveitei e também fotografei o meu jeito!

 

Imagem

o modelo do vestido no corpo!

Imagem

usei de uma maneira mais antiguinha com sapatilha bege, bolsa e brincos retro.

 

Imagem

A Aline gostou de ousar nas cores e usou um cintinho laranja, sapatilha vermelha, legging preta, brincos de cereja e uma bolsa florida (para um mix lindo de estampa)

Imagem

A Vânia usou de jeito mais chic e discreto, ela apostou nos acessórios (sapato, bolsa e cinto) pretos e num bracelete de couro e strass.

 

Gostaram das possibilidades? Como vocês usariam?

Por um 2013 onde SER é mais importante do que TER

Bóra começar 2013 mantendo a ideia do ‘menos é mais’? Pra quê acumular, pra quê gastar tanto tempo, energia e dinheiro em roupas novas, se a gente pode só usar a criatividade e deixar a energia e a grana pras coisas que realmente valem a pena? É esse o meu desejo de Ano Novo: ter menos, comprar menos, ser mais, viver mais.

Esse videozinho da Joanna Moura, do blog Um ano sem Zara, mostra três maneiras diferentes de usar um mesmo vestido. Nada que a gente já não tenha visto, mas será que a gente usa, mesmo já conhecendo todos os truques?

Inspiração: Sassi, do Astérisque

E a gente continua batendo na mesma tecla: não é preciso comprar sempre, não é preciso ter um closet lotado de peças e seguir toooodas as tendências. Basta ser criativa, como a Sassi, por exemploAlemã de 22 anos, Sassi é dona do Astérisque. Ela criou uma série de postagens onde junta imagens de looks que contenham uma mesma peça de roupa. Serve como inspiração pra gente tentar fazer igual por aqui:

wersdx54redfxRed Apple Leoaprd Desktop Backgroundblack-background_1024x768Schwarzer-hintergrund (1)Schwarzer-hintergrund