A calça jeans e suas infinitas possibilidades

A calça jeans pode ser reconhecida como a peça mais versátil de nossos armários. Não é difícil pensar em diversas composições e maneiras de usá-las, todos nós temos algumas. Mas é importante escolher bem a lavagem e o modelo, isso aumenta muito as possibilidades e opções para usarmos.

No meu caso, a calça jeans ideal é a famosa boca de sino (hoje em dia dia conhecida como flare). Esse modelo ajuda a equilibrar minhas proporções (não tenho cintura definida e minhas pernas são finas).  Por este motivo, essa calça da Zara já anda quase sozinha:

Um modelo democrático e que cai bem em quase todos os tipos de corpos é o jeans reto, ou seja, a largura das coxas mantem-se até os tornozelos. Cintura no lugar (nem alta, nem baixa demais). Escolha uma lavagem mais escura e sem “manchas”. Mais ou menos assim:

Dessa forma você terá um jeans básico , ideal tanto para produções mais esportivas quando em ocasiões formais. Isso aumenta bastante suas possibilidade de uso.

Advertisements

Customização: transformando jaqueta em colete

Resolvi aproveitar o momento e todas as dicas do blog para reeditar um antigo post – antigo mesmo, de janeiro de 2010 – onde mostrei como transformar uma jaqueta jeans em um colete bacaninha. As fotos são autoexplicativas, não tem muito segredo. Bóra ver?

Como, na época, as tachinhas estavam super em alta, coloquei algumas na gola. Elas já saíram de moda e voltaram outra vez, então acho que o colete permanece atual. Mas quem quiser por parar só no corte das mangas.

No final, fica assim :

Eu, Você e as Nossas Roupas. Agora com saia mullet.

Hoje, eu vou mostrar para vocês como três meninas construíram os seus looks,  a partir de uma saia mullet. Sei que tem muita gente que não gosta dessa moda, que torce o nariz e tem ojeriza . Mas, eu também fazia parte desse  grupo  e “descia a lenha”  pra valer. Até que eu vi uma saia dessas na Renner e resolvi usar só para ver como ficava. Eu tomei um susto. A saia ficou ótima em mim!  Não pensei duas vezes, comprei na hora!

Espero que essas fotos também inspirem vocês!

Mirian

Beca

Carlinha

Gostaram das inspirações?

Até a próxima!

5ª Parada: Mariane

Meu Deus!

Precisava de umas férias. Sai do Rio e fui direto para Osasco na casa da Anah. Papo vem, papo vai, demorei uns diazinhos no caminho até São Paulo. Lá encontrei com a Mariane, Mari para nós.

Enfrentei a turbulência dos correios, máquina de lavar, aquele ferro quente e até chuva nas fotos, mas no final FUI para balada. A Mari tentou tirar as fotos à noite, mas não ficou legal, por isso, refez o look e tirou umas fotos de manhã.

Para esse evento especial, reuni alguns amigos. Fui com uma blusa de renda, uma saia de tulê, meia-calça, um pump bem alto, um cintão de elástico, uma clutch de poá e para dar mais um toque especial, maxicolar da Anita Bunita e pulseiras Landan (mão direita)/ acervo pessoal (mão esquerda).

Além disso, fiz um coque alto e um delineado nos olhos.

Delícia! Agora já estou indo para mais uma parada. Quem será a próxima???

Beijos Beijos Beijos,

o Vestido (e a Mari)

Garimpo virtual

Nem todo mundo gosta de frequentar brechós. Sejamos honestos: muitas vezes eles são desorganizados, mal localizados e tem aquele cheirinho de naftalina ao fundo. Sem contar que, para encontrar aquela pecinha desejada, muitas vezes passamos por uma série de vestidos de vó, blusa de tia, ombreiras, enchimentos, tamanhos muito pequenos ou muito grandes – não é fácil, minha gente!

Por isso eu acho muito bacanas as iniciativas de brechós virtuais. Neles você já conta com uma curadoria: eles muitas vezes selecionam peças de acordo com um estilo específico e, mesmo sendo de segunda mão, geralmente estão dentro da moda atual – o que evita reformas! É uma forma de ser sustentável e economizar uns trocados. Vou apresentar alguns exemplos para vocês:

Vou começar puxando a sardinha pro meu lado, pode ser? Lá na garimparia, minha lojinha virutal, tem uma seção só de peças de segunda mão. Tem coisa que eu amo, mas não cabe mais (#gordelícia), ou que eu acho que não se encaixa mais no meu estilo de vida, essas coisas. Tudo com precinhos amigos!

.

Outro brechó virtual que eu super cobiço é o da Barbara Zanella, o Dress Like a Nerd (o nome é ótimo, né?). Acho que rola um trabalho forte de garimpo, pq tem muita coisa nova, bonita e com super preço, difícil de sair do armário de uma pessoa só!

.

O Meu Closet, Meu Jardim foi dica da Anah, que adora um achadinho. Os preços são um pouco mais altos, mas tem bastante roupa de marcas conhecidas, como Leeloo, Farm e Maria Filó.

.

Agora conheçam os brechós de algumas meninas que participam do projeto do Vestido Viajante!

O Twice Upon a Time (também adoro esse nome!) é o brechó da Carol. Lá você encontra peças mais clássicas, bem do estilo dela.

.

O Brechózinho da Lily é recente, e acabou de ser abastecido com sapatinhos bacanas.

.

O Mafuá da Lual sempre é abastecido com o desapego do armário da Lual: são sandálias, vestidinhos, saias…

.

A Mira tem uma tag só com os vestidos que coloca pra jogo. A maioria foi feita sob medida, então ninguém vai ter igual! Quer oportunidade melhor que essa?

E vocês, leitoras, recomendam algum brechó virtual? Vamos trocar dicas nos comentários!

“New Dress a Day” ganha livro

Há algumas semanas fiz um post relembrando um projeto bem bacana de incentivo ao consumo consciente, o New dress a day. Quem não viu, pode clicar aqui e conhecer. Qual não foi minha surpresa ao ver que o projeto acaba de ganhar versão em livro:

Muito bacana ver a ideia ser difundida, sair do mundo virtual e ganhar as prateleiras das livrarias. Prova de que o assunto ainda tem muito para render.

Quem quiser garantir um exemplar, tem na Amazon.

4ª Parada: Anah

E o famigerado vestido azul chegou em Sampa!!!!

Olá, sou a Anah (ou Ana Helena) e tô aqui sendo a QU4RTA PARADA do vestido viajante!

Minha idéia foi levar ele ao meu dia dia, então aproveitei um dia de reunião no trabalho e fui toda  azul-contente!

Uma das minhas misturas de cores favoritas é azul e amarelo (há muito tempo atrás fiz uma semana especial só com essas cores no meu blog)!!! Então a primeira coisa que eu pensei (antes mesmo do vestido chegar) era que eu tinha que usa-lo com minha sapatilha surrada amarela; depois aproveitei que uma das minhas cores favoritas é azul e resolvi investir nos acessórios da mesma cor!  Todas as peças que eu usei (incluindo o vestido) têm alguma história para mim!

E aí gostaram???

Agora estou me desapegando dele e mandando para outra menina… quem será???